﷯ folhacds 16 MAIO 2017

Facing the Elections - Digital Campaigning Seminar /

Seminário de Campanha Digital

-

Depois do sucesso do primeiro evento internacional organizado, a JP decidiu apostar numa segunda jornada formativa, que decorreu entre os dias 5 e 7 de Maio, no Hotel Fénix Ipanema Park, no Porto, designado "Facing the Elections - Digital Campaigning Seminar / Seminário de Campanha Digital".

 

O mundo não pára e cabe-nos avançar com ele, atentos às suas circunstâncias. Durante três dias a JP, em colaboração com a Fundação Konrad Adenauer Stiftung, disponibilizou 50 vagas aos seus militantes para aprenderem técnicas de campanha, em especial as normas mais eficazes de manuseamento do marketing digital. Encarregues da docência das disciplinas tivemos o privilégio de contar com três vultos brilhantes da especialidade: Jacob Schrot, da Cosmonauts & Kings, Berlin, Antonio Carlos Monteiro, Deputado e ex-Secretário Geral do CDS-PP, e António Cunha Vaz, da Cunha Vaz & Associados. No apadrinhamento desta jornada, os magníficos Deputados Álvaro Castello-Branco e Cecília Meireles.

 

Na sessão de abertura, o Presidente da JP, Francisco Rodrigues dos Santos, reforçou a ideia de que “os militantes da JP acalentam um puro desejo de aprender para servir” e que é na JP que “constroem um currículo que lhes confere novas aptidões, competências e qualificações para o exercício de poder”.

 

Para o CDS poder configurar uma verdadeira transição geracional, renovar os seus quadros e aspirar crescer, deve encarar a JP como o melhor parceiro estratégico, como a coligação que resgatará o futuro autárquico do CDS, capaz de restaurar um passado que já contou mais de 40 Presidentes de Câmara. Com ações de formação como esta é possível garantir que quando chegar o momento, os nossos jovens estarão em condições de assumir os desafios eleitorais, conquistar gerações e liderar o amanhã.

 

A ambição máxima com que gizamos o futuro motiva-nos a querer acompanhar o acelerador do tempo, que introduz novas realidades políticas e substitui os velhos paradigmas. Ambicionamos saber usar os instrumentos contemporâneos para melhor comunicarmos com as pessoas, obtermos a vantagem competitiva que decorre do seu domínio, conquistar assim avanço face aos nossos adversários, posicionarmo-nos como os pedagogos das tecnologias em política.

 

Formamos os nossos quadros para que sejam os melhores, conferindo-lhes o valor acrescentado do conhecimento. Acreditamos no mérito, na medida em que esse deve ser o único filtro para selecionar os mais capazes. Criamos as oportunidades, com formações como esta, para o CDS apostar nas novas gerações altamente qualificadas. Porque elas não servem só para cumprir as funções consideradas instrumentais, acessórias ou adjetivas na vida dos aparelhos partidários.

 

A JP orgulha-se, portanto, de possuir (para já!) 5 militantes que se candidatarão a Presidentes de Câmara Municipal nos respetivos concelhos. Candidaturas que demonstram inexoravelmente a afirmação dos mais jovens no espaço público, em contextos particularmente exigentes.

 

Este fim-de-semana permitiu aos participantes testemunhar a comunhão de interesses e o ambiente familiar que congrega a JP em torno do seu ideário. Hoje, mais do que nunca, sentimos que no quadro do pluralismo democrático que nos caracteriza, prevalece o respeito, a amizade e a solidariedade entre todos. O espírito que liga as pessoas define-se pela coesão e unidade. Um binómio perfeito para o sucesso que atravessamos.