﷯ folhacds 16 MAIO 2017

José Miguel Garcez é o candidato do CDS à Câmara Municipal de Paredes

-

José Miguel Garcez nasceu e vive em Paredes, tem 30 anos, é licenciado em Estudos Europeus pela Universidade de Coimbra e atualmente encontra-se a frequentar o Mestrado em Gestão e Internacionalização de Empresas no Instituto Politécnico do Porto. A nível profissional exerce funções na área da consultoria financeira, mais especificamente, em reestruturação de empresas.

 

Tem tido uma participação ativa na vida concelho, onde foi escuteiro, jogador de hóquei no Olá Mouriz e líder da Juventude Popular. Atualmente é presidente do CDS Paredes, membro da Comissão Executiva Permanente da distrital do Porto do CDS e membro da Comissão de Festas em Honra de Santa Maria Madalena.

 

A candidatura foi aprovada por unanimidade e aclamação na reunião da comissão política concelhia do CDS Paredes e será uma candidatura aberta à sociedade civil, que vai reunir tanto militantes como independentes.

 

O agora candidato do CDS às eleições autárquicas de 1 de outubro deste ano em Paredes, José Miguel Garcez, aceitou o desafio, decisão que não foi alheia a diversos pedidos de muitas forças vivas do concelho, com o objetivo primordial de dar voz aos anseios dos Paredenses.

 

Como grande objetivo, o candidato pretende dar um novo rumo ao concelho de Paredes, conferindo-lhe centralidade e relevo na região.

Assunção Cristas, presidente do CDS, deslocou-se a Paredes para a apresentação do candidato do CDS, José Miguel Garcez, à Câmara Municipal de Paredes, tendo realizado uma arruada pelas ruas da cidade de Paredes e posteriormente no auditório do CDS Paredes, que contou com mais de 200 pessoas.

 

Cerimónia que contou com a presença de Jorge Malheiro (ex-Presidente da Câmara de Paredes pelo CDS) e Joaquim Faria (Presidente da Nortecoop), que demonstraram o apoio à candidatura de José Miguel Garcez. Todos os momentos da apresentação da candidatura contaram com a presença da presidente do partido, Assunção Cristas e dos deputados Pedro Mota Soares e Álvaro Castello-Branco.

 

Durante o seu discurso de apresentação, o candidato do CDS à Câmara Municipal de Paredes afirmou “contem com o melhor de nós e o melhor de nós será trazer de novo o CDS à autarquia de Paredes, e trazer Paredes, outra vez, aos melhores exemplos do que é o serviço público, do que é o progresso de um concelho, do que é o orgulho dos habitantes desta terra.”

 

José Miguel Garcez fez questão de referir que pretende também “a criação de um pólo universitário na sede do concelho, a ampliação da malha urbana, através da revisão do PDM, de forma a impedir a construção de prédios encavalitados que caracterizam a paisagem de todo concelho, a despoluição do rio Sousa e a recuperação das suas margens (como já foi feito com o rio Ferreira em Lordelo e Rebordosa) aposta na recuperação do comércio local, a afirmação da indústria de mobiliário no mercado global, o apoio à instalação e diversificação das indústrias não poluentes no concelho, a aposta nas pessoas através sua qualificação com base na criação em rede de uma oferta educativa à medida das necessidades do concelho são apenas alguns dos compromissos que assumiremos, honestamente, com os eleitores.”

 

A presidente do partido, Assunção Cristas, pediu “ambição máxima para este desafio autárquico do CDS em Paredes”.