// AUTARCAS CDS cresce em Darque _ // DARQUE

O cabeça de lista do CDS, Pedro Meira, fez o balanço das eleições intercalares de Darque do passado dia 2 de setembro. Dirigiu-se à lista vencedora: “Em meu nome e de toda a lista do CDS-PP + Independentes quero dar os meus parabéns à CDU e ao cabeça de lista Augusto Silva pela vitória nestas eleições intercalares.”

 

Com efeito, a CDU venceu estas eleições com 49% (6 Mandatos), o PS com 39 %(5 Mandatos), o PSD com 10,5% (1 Mandato) o CDS com 9% dos votos (1 Mandato).

 

O CDS cresceu 3 pontos percentuais 50% mais em percentagem de votos relativamente às eleições autárquicas de outubro, passando de 6% para 9%. O CDS manteve um (1) mandato, conquistado há 7 meses. O CDS ficou a 31 votos do PSD, quando nas eleições autárquicas de outubro tinha ficado a 543 votos do PSD.

 

Perante estes resultados, Pedro Meira afirma que “numa freguesia reconhecidamente de esquerda, que conta mesmo com uma praça baptizada popularmente de “praça vermelha”, o CDS-PP conseguiu manter o mandato conquistado de forma histórica nas eleições de Outubro. Completa ainda, “passados sete meses, com uma taxa de abstenção altíssima (70%), mantivemos o nosso mandato e ainda subimos em percentagem de votos, sinal que os Darquenses confiam e acreditam no nosso trabalho.”

 

Pedro Meira concretizou, com clareza, que o grande derrotado é o PS que “perdeu 542 votos relativamente à eleição de outubro tendo perdido a Junta de Freguesia para a CDU. Também “o PSD tendo perdido 560 votos perdeu dois mandatos, passando agora a ter somente um mandato, tal como o CDS, em percentual de votos o PSD desceu de 22,41% para 10,5%.

 

Em relação aos vencedores destas eleições intercalares, “a CDU que venceu as eleições e passa de 4 mandatos para 6 mandatos”, explicita Meira. Identifica o CDS como um dos vencedores, pois “num terreno muito difícil, mantém e consolida um mandato.” E ainda “o CDS foi a única força que juntamente com a CDU não perdeu mandatos e ainda cresceu em percentagem de votos.”. Assegura ainda que “vamos estar em Darque para colaborar e ajudar sempre no desenvolvimento da freguesia.”

 

O Coordenador Autárquico Nacional do CDS, João Rebelo, dirigiu uma mensagem aos candidatos do e pelo CDS às eleições intercalares para Assembleia de Freguesia de Darque, Viana do Castelo. Fez um balanço positivo: “A lista do CDS + independentes, liderada pelo Pedro Meira, sob o lema DARQUE POSITIVA, foi a votos, onde antes das eleições autárquicas de 2017, não se candidatava há mais de 20 anos. O CDS aumentou a sua votação para cerca de 9%, num terreno profundamente difícil e com uma sociologia eleitoral muito à esquerda.”

 

Prossegue ainda, transmitindo que “para além da CDU que venceu as eleições, o CDS é o único partido que sobe, consolidando a eleição do nosso Autarca. Este bom resultado eleitoral representa um óptimo ponto de partida para próximas eleições intercalares (Marmeleiro e Talhadas) bem como representa boas notícias para o ano eleitoral de 2019 onde o Partido se apresentará na máxima força, a 3 actos eleitorais; Europeias, Legislativas e Regionais na Madeira.”

 

João Rebelo proveitou a ocasião para agradecer o empenho e felicitar “todos os envolvidos, na pessoa do Pedro Meira, cabeça de lista, bem como à presidente da Comissão Política Concelhia de Viana Do Castelo, deputada Ilda Araújo Novo, dou os meus sinceros parabéns em meu nome pessoal e da direcção Nacional do CDS. Estamos Juntos!”

 

 

 

﷯ folhacds 18 SETEMBRO 2018