// AUTARCAS CDS quer redução da carga fiscal _ // SANTA CRUZ

O CDS de Santa Cruz vai apresentar uma proposta que prevê a devolução de mais rendimentos às famílias através da introdução no orçamento municipal de uma devolução de 2% da taxa de 5% de IRS cobrada aos munícipes.

 

O líder do CDS Madeira, Rui Barreto, apelou a que o executivo camarário de Santa Cruz reduza a carga fiscal em vez de mostrar regozijo com a viabilização de taxas municipais, em concreto a de proteção civil, que “carregam” os orçamentos familiares.

 

“Mais do que influenciar, propor e se congratular com a aplicação de mais taxas e taxinhas, a Câmara de Santa Cruz deveria trabalhar para aliviar o peso fiscal dos seus municípios, a braços com baixos salários e muitos impostos, como é o caso da generalidade dos madeirenses e porto-santenses”, afirmou Rui Barreto.

 

Rui Barreto critica o presidente da autarquia de Santa Cruz, Filipe Sousa, de “não ser consequente com aquilo que diz” citando declarações do autarca em que defendia que “tem o cidadão na linha da frente das suas prioridades”.

 

 

﷯ folhacds 18 SETEMBRO 2018