// PARLAMENTOS Governo dá razão ao CDS: Voo Terceira-Porto // ALRAA

A SATA suprimiu a rota Terceira-Porto, justificando o seu fim com as alegadas baixas e pouco rentáveis taxas de ocupação. Tanto a SATA como o Governo Regional alegavam que a Ryanair realizava a ligação Terceira-Porto às terças-feiras e aos sábados, o que, por critérios de mercado, fazia com que a SATA se desresponsabilizasse da realização da rota.

 

Contudo, depois de várias insistências do CDS na Assembleia Regional, a Secretária Regional dos Transportes veio anunciar que a SATA iria retomar a ligação Terceira-Porto no próximo inverno IATA. No entanto, e mais uma vez, não se compreendeu a decisão da SATA e do Governo Regional, tendo em conta que a companhia voaria da Terceira para o Porto às terças-feiras, ou seja, no mesmo dia em que a Ryanair realiza o seu voo.

Tendo em atenção que já é facto público e notório que o Governo Regional e a SATA vieram agora dar razão ao CDS, realizando o voo Terceira-Porto às quintas-feiras, com saída das Lajes às 8h35 e chegada ao Porto às 11h55, num A321, o CDS congratula-se pelo facto do Governo Regional e da SATA terem acatado a proposta do CDS, de realizar essa ligação em dia diferente da operação efetuada pela Ryanair.

 

Esta operação permite, como o CDS sempre defendeu, mais acessibilidades e garantias de mobilidade para os terceirenses. Para Artur Lima, “a Terceira fica, assim, melhor servida, com três ligações semanais ao Porto, às terças-feiras, às quintas-feiras e aos sábados. Esta alteração, apesar de não responder inteiramente às necessidades da ilha Terceira em termos de acessibilidades e mobilidade, constitui um avanço significativo que apraz registar”.

 

﷯ folhacds 18 SETEMBRO 2018