// DESTAQUE Governo das esquerdas não valoriza polícias

O CDS criticou o Governo das "esquerdas unidas" por não apoiar nem valorizar as polícias, a propósito da polémica sobre as críticas do ministro da Administração Interna à divulgação de fotos de detidos.

 

“Quando se instala esta ideia de que na área de segurança" em vez de o Governo "dar atenção", o que faz é criticar as polícias ou até no caso de Tancos, "há algo de mal que vai no Estado", afirmou a presidente do partido, Assunção Cristas, na sede nacional quando deu uma conferência de imprensa sobre o Orçamento do Estado de 2019.

 " Um Estado que é governando pelas esquerdas unidas, que não cuidam, não olham e não valorizam estas áreas que dizem respeito ao núcleo da soberania e da existência do país. "

Fez ainda alusão aos dados que apontaram que “a pequena criminalidade em Lisboa tinha aumentado exponencialmente" e "o que se ouvia de alguns polícias era a enorme frustração de não conseguirem ver o resultado do seu trabalho".

 

A lei permite que "as pessoas fossem detidas e identificadas, mas voltassem logo a seguir para a rua e continuassem a furtar carteiras, a turistas e residentes" e quando isso acontece, "e se instala esta ideia de que a área da segurança merece críticas da parte do Governo e não de atenção", então "há algo de mal que vai no Estado", disse.

"Um Estado que é governando pelas esquerdas unidas, que não cuidam, não olham e não valorizam estas áreas que dizem respeito ao núcleo da soberania e da existência do país", acusou.

 

﷯ folhacds 29 OUTUBRO 2018